O maniqueísmo de Obama

Que existe muito de persuasão e radicalismo nos discursos políticos todos sabem, e vejam como Obama trabalha a oposição de conceitos:

“Quando vocês, povo alemão, derrubaram o muro – um muro que dividia o ocidente do oriente, a liberdade da tirania, o medo da esperança -, outros muros ao redor do mundo também caíram”

Não pára por aí: as oposições continuam: aberto e fechado, liberdade e prisão, tudo vale:

“De Kiev a Cidade do Cabo, campos de prisioneiros foram fechados, e as portas da democracia foram abertas.”

Não é de hoje que observo isso em Obama. Discursos, como esse, chegam a ser perigosos. Mas talvez política não passe disso mesmo…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: