medo da liberdade

Por onde meu ônibus todo dia percorre existe uma penitenciária. Chamava a atenção durante os primeiros dias. Não tardou para que eu me acostumasse e a paisagem se tornasse banal. Mas hoje foi diferente. Se eu tivesse um desses telefones com câmera, tiraria uma foto. Lá no fundo, no prédio mesmo da penitenciária, havia uma janela, onde três detentos disputavam um fio de sol. Olhavam atentamente a rua, o ônibus e a liberdade. É possível que tenhamos nos entreolhados. Logo o ônibus deixou o horizonte de seus olhos; logo eu cheguei ao trabalho e vi a manchete do Diário Catarinense: SC registra a 2ª maior fuga de presos do ano.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: