Viver-na-chuva

Imagine se a chuva um fenômeno invariável; imagine se cair gotas d’água fosse uma condição natural. Sensação estranha? Não para os catarinenses. Já nos parece que chuver é uma regra universal. Janelas fechadas, varais internos, guarda-chuvas já não são exceções, mas fazem parte do cotidiano. Viver no mundo se tornou viver num mundo chuvoso.

O sol não existe. Tornou-se poesia. Quem me dera dizer Here comes the sun and I say it’s all right. Não está nada bem. Passa de uma semana com chuva incessante sem nenhum sinal de término. A impressão é que os dias sempre foram, e sempre serão, cinzas. Quando nos lembramos que chover não é uma condição sustentável, é dolorido pensar, antevimos a tragédia e o sofrimento que esperam os catarinenses.

Atualização: O governador de Santa Catarina, Luiz Henrique da Silveira (PMDB), anunciou na tarde deste sábado que decretou situação de emergência no Estado, em razão os estragos provocados pela chuva na faixa leste catarinense. (ver notícia)

2 Respostas to “Viver-na-chuva”

  1. Sérgio Nascimento Says:

    Chuvas e cataclismas.

    Economia, clima, FENEAP?

    Luz no fim do túnel?

  2. Kênia Says:

    Pra você ver como o mundo é injusto: Passei os últimos 30 dias torcendo para que chovesse para que pudesse ver a neve – o que só foi acontecer hoje pela manha. Coincidência ou nao, pelo que ouço hoje parou de chover…

    Boa escolha de música por sinal, Beatles é sempre uma boa pedida, mas por aqui estou é cantando Sinatra: Let it snow, let it snow, let it snow!

    ;**

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: