A maçã está caindo. E agora?

A minha geração parecia ser aquela de um tempo perdido. Um tempo em que a história não mostrava grandes rupturas, além das inevitáveis tecnologias que a cada dia convivem em nosso âmbito. Até mesmo a redemocratização do Brasil e a da América Latina sempre se apresentaram sem sal e sem açúcar. Verdade que havia um Hugo Chavez a desafiar o marasmo de nossos parcos anos de vida. Mas, cá entre nós… logo perderia naturalmente alguma eleição, e deixaria a história como mais um ditador frustrado.

Minha geração não participou da luta contra a ditabranda, como diria a Folha de São Paulo. Uma luta que, se a gente for levar bem a sério, reluz mais valor hoje do que naquele tempo. Minha geração nem lembra da queda do muro de Berlim. Os grandes fatos históricos, para os nascidos em meados dos anos 80, não passavam dos fatos olímpicos e futebolísticos; quando muito, alguma descoberta científica – o que representa muito pouco para um tempo que investe tantos dólares em pesquisas. Ainda assim não temos entre nós um Einstein ou um Newton (ou faltava a maçã?)

Acontece que, neste 2009, o mar sem ondas entrou em agitação. E minha geração, finalmente, se deparou com um choque de realidade. Conquanto muitos ainda ignorem jornais, e que prefiram se aquietar como se não vivessem precisamente na época em que vivem, os jovens da minha geração estão diante de uma crise mundial sem precedentes. Há quem passe pelas bancas sem ler as duas últimas capas dos principais jornais. Sexta: “Déficit orçamentário de U$ 1,7 tri nos EUA”. Sábado: “governo fica com 36% do Citibank”. Hoje: “AIG tem prejuízo recorde de U$ 61,6 bi”.

maca-caindoNum mundo, diferente de outros tempos, baseado em um complexo sistema financeiro, o dinheiro está desaparecendo. O valor do dinheiro apodrece, para usar a língua de quem fala de alguns títulos financeiros. É como se o setor imobiliário americano fosse uma grande ficção, que induziu um crescimento econômico inigualável, mas que se fundava num frágil crédito, a partir do qual se criou muito dinheiro virtual, dinheiro que não passava de números nos sistemas bancários. E agora que se seguirá? Talvez a crise dos cartões de crédito? E até quando os tecnocratas da economia financeira conseguirão controlar a crença humana na ficção monetária?

Não precisaria fazer isso, mas pra não deixar passar em branco, numa época em que tudo está assim tão incolor, vou citar Balzac: “nas grandes crises, o coração parte-se ou endurece”. Enquanto isso as linhas dos gráficos econômicos tomam conhecimento da lei gravitacional, para despencarem, pobres, feito a maçã de Newton.

3 Respostas to “A maçã está caindo. E agora?”

  1. Rodrigo Abella Says:

    Grande Damásio,
    Ja estou com saudades do amigo ! Quando virá a SC ? Sobre o texto, meus parabéns ! A maça caiu, as bolhas estouraram, o meio ambiente está em colapso, existem 3 bilhões de pessoas no mundo que não tem acesso a consumo e temos a necessidade de gerar demanda, riqueza e empregos para sair do buraco. Uma equação difícil e paradoxal. Pacotes Governamentais que injetam dinheiro nos mercados vão fazer com que o paciente não morra agora, mas é preciso muito mais para mante-lo feliz e saudável. Tenho uma idéia a respeito. Entre em contato. Abraços
    Rodrigo

  2. Aline Dias Alvim Says:

    Leandro, Boa noite !
    Parabéns pelo Blog, já que é a primeira vez que comento por auqi, porém sempre estou acessando e visualizado seu ponto de vista e ponto de vista politico e social do País.
    Concordo com o comentario acima, tudo esta se degradando com o passar dos tempo, dos anos, e nada de eficaz está sendo feito para melhorar a situação. Medidas mais representativas nos dão a impressão de que algo esta sendo feito. Mas o problema so piora !
    A mudança tem que começar, e ela começa na mente de cada pessoa, de cada Brasileios, lideranças novas surgem… Abrimos nossos olhos para isso !
    Acompanho sempre seu trabalho virtualmente falando e também o de Guilherme. Admiro e apoio os dois !
    PARABÉNS !!!
    Contem Comigo !
    Beijo !
    Aline Alvim.

  3. LILI Says:

    A MAÇA DO GOOGLE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: