Vinte mil

Mais de um ano se passou desde que este blog veio a ser. Daquela época até os dias presentes nada mudou, exceto tudo. Assim dito, um aparente erro de linguagem. É um acerto, no entanto. Em algum lugar da linguagem, tudo é, por essência, nada. O uso dessas duas palavras extremas (tudo e nada) diz pouco a respeito do objeto e muito a respeito do sujeito. Indica que, sobre o assunto, não conhece ou não quer falar. Uma ambigüidade proposital, para este caso. Não conhecendo o assunto, o autor se arrisca na mesma incerteza manifesta pelo ditado popular “tudo ou nada”. Já quando a vontade do autor é se esquivar, nada melhor do que um juízo universal e genérico: tudo é, nada é.

Vinte mil acessos. O que nos quer dizer essa informação? Lendo as estatísticas do wordpress, podemos analisar não quem, mas como se acessa o blog. Cerca de 30% provém de mecanismos de busca. Pouco, aproximadamente 5% acessam clicando em links de twitter ou del.icio.us ou outros blogs. Quanto ao restante o wordpress não responde. As pessoas que por aqui vagueiam provavelmente não se conhecem, não é algo que podemos chamar de comunidade. São curiosos, errantes da cyberculture, advindos por motivos obscuros, com variação da opção política acentuada, conforme os 104 respondentes da enquete revelaram:

enquete01

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: