closed for science

Bati a porta na cara da arte e abri a janela para ciência. São tempos difíceis: tempos de dissertação. Mas são apenas tempos. Longos para uma existência humana. ínfimos para o infinito da eternidade. Felizes são aqueles que nunca foram felizes, pois jamais desejarão a felicidade como eu a desejo: em sua mais pura inexistência. Afinal, quem está preso? O pac man ou os monstros que o perseguem? Ou os pacs de que se alimenta? Ou aquele que o controla? Ou o leitor que o relembra? Não. Não existe prisão. Em breve, o astro se apagará e todos os controles (congelados junto à inexistência do universo cintilante) nunca existiram. Se o astro que é o astro, que sobrevive milênios de culturas e revoluções, morre, quem dirá os zeros e uns da parca internet terrestre.

Anúncios

2 Respostas to “closed for science”

  1. Renato Bosa Says:

    Que dramático.

  2. Laís Lopes Says:

    “Bati a porta na cara da arte e abri a janela para ciência.”
    Nossa que frase incrível,
    se fosse você patentearia.
    De tantos autores famosos,renomados,encatodores,dramaticos,romanticos e talentosos que já li,voce acabou de entrar pra lista.
    Esse texto é incrivel.
    Expressa uma emoção tão pura,profunda e crítica atraves das palavras.

    Impressionante!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: